Giovanna Casimiro

Doutoranda pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (História da Arquitetura e do Urbanismo - Teoria das Artes e Arquitetura) USP, com pesquisa sobre a Cidade como Interface Museológica. Coordenou (jan-junho 2017) o Laboratório de Pesquisa em Ambientes Interativos (LPAI) e atuou como Docente no curso de bacharelado em Design Digital (mar 2016-jun 2017) SENAC/SP. Curadora e assessora de projeto do estúdio de design de interação LILO/SP. Mestre em Artes Visuais - linha de pesquisa Arte e Tecnologia, PPGART/UFSM. Artista Visual pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Coordenadora do projeto Art[in]Muzz e com pesquisa voltada para o uso de realidade Mista nos meios expositivos. Integrante do LABART - Laboratório de Pesquisa em Arte Contemporânea, Tecnologia e Mídias Digitais e do Grupo de Pesquisa Arte e Tecnologia CNPq. Componente do Laboratório Os Outros Urbanismos (FAU/USP) e do Grupo de Pesquisa Estéticas da Memória do Século XXI, coordenado pela Profa. Dra. Giselle Beiguelman. Atualmente colabora com diferentes equipes em diversos lugares do mundo no campo da arte e do design digital, incluindo o aplicativo ARTIVIVE, o ZOAN Studio, OVNI Studio, LILO.Zone, Boston Cyberarts e a Associação Digaaí. 

Nascida em São Paulo/SP (1990), atualmente reside em Londres. COO da startup Mobart.  


Giovanna apresenta nesta coleção de fotografias, obras da série Fakescapes que tem como foco discutir a convergência entre o território físico e informacional. A artista utiliza ferramentas digitais na construção de imagens e propõe uma reflexão poética sobre as paisagens digitais urbanas produzidas a partir de seus registros fotográficos e, posteriormente, manipulados. As paisagens e arquiteturas impossíveis são construídas com uma estética peculiar que dão origem à série Fakescapes

Obras do Artista