Imagem da obra Danúbio Gonçalves _ Bio

Danúbio Gonçalves _ Bio

DANÚBIO GONÇALVES

Bagé, RS | 1925

Porto Alegre, RS |2019

 

 

Danúbio Villamil Gonçalves nasce na cidade de Bagé, RS, em 1925. Ao lado de Iberê Camargo, frequenta o ateliê de Cândido Portinari. Na década de 1940, estuda gravura e desenho na Fundação Getúlio Vargas (FGV) do Rio de Janeiro.

Viaja para Paris entre 1949 e 1951, onde frequenta a Académie Julian. De volta ao Brasil, integra o Clube de Gravura de Bagé, no Rio Grande do Sul, juntamente com Carlos Scliar e os idealizadores Glauco Rodrigues, Glênio Bianchetti. E, posteriormente, integra também o Clube de Gravura de Porto Alegre, entre 1951 e 1955. Desde 1963, orienta os alunos do curso de litogravura do Ateliê Livre da Prefeitura de Porto Alegre, instituição que dirige até 1978. No período entre 1969 e 1971, leciona gravura no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (IA/UFRGS).

Publica os livros Do Conteúdo à Pós-Vanguarda, editado pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, em 1995, e a obra Processos Básicos da Pintura, pela editora AGE, em 1996. Em 2000, é realizada exposição retrospectiva de sua produção no Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (MARGS), e é publicado o livro Danúbio Gonçalves: Caminhos e Vivências, pela editora Fumproarte, com textos de Paulo Gomes e Stori (1946). Danúbio foi gravador, desenhista, pintor e professor. Falece na cidade de Porto Alegre, RS, em abril de 2019.

 

Fonte: Itaú Cultural. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9418/danubio-goncalves>. Acesso em 25 mar. 2020.

  • Técnica: Expografia

  • Dimensão: 29 x 21 cm
  • Moldura: não
  • Cor Predominante: cinza
  • Preço: Sob consulta

Outras do Artista