MoBlanc

MoBlanc é uma galeria de arte que atua online a partir de seu endereço na web e redes sociais e offline a partir de exposições físicas itinerantes. Especializada em curadoria, abre as portas de seu escritório em Santa Maria/RS para artistas emergentes que buscam consolidar suas carreiras, bem como mantém em seu acervo obras de artistas renomados para atender as necessidades de jovens colecionadores. Em seu catálogo constam mais de vinte artistas representados pela galeria que trazem para a MoBlanc obras de arte exclusivas e originais. Pinturas, gravuras, esculturas, desenhos, fotografias analógica e digital, estão disponíveis para comercialização no site e exposições físicas.

Andrea Capssa está à frente da MoBlanc e idealiza a galeria desde 2011 quando passou a pesquisar sobre as galerias virtuais. Em 2014 ingressou no mestrado em Artes Visuais PPGART/UFSM onde desenvolveu a dissertação “Considerações sobre as Galerias Virtuais e suas relações com o Mercado de Arte”. Desde então vem buscando compreender a relação galeria virtual <> mercado e nesse período classificou, a partir de diversas entrevistas realizadas com galeristas brasileiros, as galerias virtuais como Expositivas, Informativas e/ou Comerciais. Recentemente, atribuiu uma nova classificação: galerias “On-Off” onde se enquadra a MoBlanc e diz respeito às galerias que atuam paralelamente em ambientes virtuais e físicos e que se adequam melhor aos dias atuais tendo em vista os perfis dos artistas, dos consumidores e dos jovens colecionadores.

Pensar uma galeria “On-Off” demanda tempo, trabalho e dedicação. Detalhes importantes se revelam desde o princípio da organização de uma galeria e estão presentes na escolha de seu ambiente/endereço/plataforma; na equipe administrativa; na busca por apoiadores e colaboradores; na lista de artistas; no acervo da galeria e catálogo; na divulgação; e, principalmente, nas estratégias utilizadas para sua promoção. Imprescindível, portanto, compreender a galeria, seja ela virtual e/ou física, enquanto empreendimento que requer um estudo aprofundado do campo de atuação, de sua localização e logística, de um plano de marketing, de um plano administrativo e econômico como base para garantir sua sustentabilidade no mercado da arte com sucesso.
Repensar as estratégias adotadas pelos galeristas para atuação na web é necessário. Elas se realizam de modo similar às estratégias de atuação em ambientes físicos, mas não contempla as necessidades de uma galeria virtual. Deve-se levar em consideração o distanciamento físico que existe entre obra<>consumidor e pensar novas possibilidades, a partir de ações expositivas físicas e da tecnologia, para uma maior aproximação. É para encontrar estes novos meios e buscar a aproximação do grande público que hoje estamos aqui. Este é o desafio e também a missão da MoBlanc Galeria e Acervo.